Fake News: como impedir a disseminação

Gestão de Crise
697
Fake News: como impedir a disseminação

A desinformação e a Fake News existiam muito antes das mídias sociais surgirem, mas agora, graças ao alcance e imediatismo das plataformas, a disseminação de informações factualmente incorretas foi ampliada e se tornou tão perigosa que pode ter um grande impacto na saúde pública, segurança e negócios.

A diferença entre desinformação e Fake News é a intenção. Simplificando, a desinformação é descrita como o compartilhamento não intencional de informações factualmente incorretas sem malícia e Fake News como a criação deliberada e / ou compartilhamento de informações factualmente incorretas, para fazer as pessoas acreditarem em algo ou se comportarem de uma determinada maneira.

1 – Não divulgue Fake News

Estamos vendo muitas notícias falsas amplamente compartilhadas sobre vários tópicos. Infelizmente, campanhas de Fake News foram criadas para influenciar a opinião sobre todos esses tópicos e muito mais.

Então, o que fazemos? Não compartilhe informações sem pensar! A última coisa que você quer fazer como profissional de RP é compartilhar informações falsas.

As plataformas finalmente começaram a introduzir mudanças para fazer o usuário pensar antes de compartilhar informações. O Twitter, por exemplo, está tentando fazer as pessoas pensarem duas vezes antes de compartilharem artigos que não leram. Os usuários prestes a clicar em retweetar sem ter lido um artigo agora são questionados se desejam ler o artigo antes de compartilhá-lo. O que nos leva ao próximo ponto.

2 – Verifique a fonte 

De onde vêm as informações? É uma fonte confiável? Você pode ter certeza de que está factualmente correto? Em caso de dúvida, não compartilhe.

A quantidade de vezes que seus familiares e amigos lhe enviam informações e dizem ‘você leu isso? Você acredita nisso?’ e uma pesquisa rápida mostra que são consideradas notícias falsas, informações factualmente incorretas ou besteiras básicas, o que é bastante preocupante.  Não aceite simplesmente as informações que estão aparecendo em sua linha do tempo como um fato. Questione!

3 – O que uma empresa pode fazer para evitar uma crise de imagem por Fake News?

Planeje com sua equipe e assessores de imprensa para elegerem a pessoa certa que terá a voz confiável de que o público precisam ouvir. Esse profissional deverá ser aberto, honesto e oportuno em suas comunicações; isso ajudará a se deparar com desinformação ou uma notícia falsa. Se as pessoas confiam nesse profissional, porque construiu essa reputação de dizer a verdade, não se esquivando dos problemas e lidando com eles, sua empresa estará em uma posição melhor para lidar com informações incorretas de fontes aleatórias.

4 – Monitore o que estão falando sobre sua marca

O monitoramento da informação da Top Clip é uma ferramenta estratégica que pode ajudá-lo a descobrir sua cobertura e, subsequentemente, desenvolver suas estratégias de comunicação empresarial, recebendo feedback e transformando essas menções em oportunidades. Rastrear sua cobertura pode ajudá-lo a expandir seu público, analisar o valor do conteúdo e rastrear sua participação de voz por longos períodos e evitar crises de imagem!

DICA! Fique sabendo nas novidades EXCLUSIVAS que postamos em nosso canal no Telegram!  São oportunidades com descontos para assinantes do canal. Participe! Esperamos você por lá! 😉

fake news, gestão de crise, marketing, relações públicas

Veja também:

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux