Como escrever um press release?

Assessoria de Imprensa
1,142
Como escrever um press release

Se você deseja obter cobertura da mídia para o seu negócio, saber escrever um press release é uma habilidade essencial. Mas o que um press release deve incluir? Como encerrar um comunicado de imprensa? E o formato do press release? Vamos as respostas. 

Passo a passo para escrever um press release de sucesso:

Etapa 1: público-alvo

O mais importante para começar é escolher a perspectiva que importa para o seu público-alvo.

Lembre-se! A perspectiva que interessará aos leitores de uma revista especializada será muito diferente do jornal local. Na verdade, você deve escrever versões diferentes do seu release para os diferentes públicos que está segmentando.

Tenha em mente que você não está mirando apenas em leitores em potencial, mas também em jornalistas. Se você não fizer sua pesquisa e direcionar aos jornalistas errados, escrever bons press release não o levará a lugar nenhum.

Etapa 2: estrutura do press release

Para poder escrever um press release assertivo, também é necessário entender sua estrutura. Aqui está o que um comunicado de imprensa deve incluir:

Crie um título atraente

Em primeiro lugar, o seu press release precisa ter um título cativante para ser bem sucedido. É a primeira coisa que as pessoas vão ler e com base nisso, elas vão decidir se querem ler o conteúdo ou não. Tente mantê-lo curto. Dessa forma, é mais fácil de ler, parece mais atraente e, desde que não tenha mais de 110 caracteres, as pessoas podem até twittar sobre isso. Deve ser atual e interessante, pois todo o processo de tomada de decisão leva cerca de 3 segundos.

Lead (introdução): responda os 5 Ws brevemente, mas mantenha a atenção de seus leitores

A segunda parte mais importante de escrever um press release é criar o lead. É exatamente aí que os impacientes encontrarão as respostas para as perguntas mais importantes, incluindo os 5 W’s (What, Why, Who, When e Where):

  • sobre o que é a notícia;
  • quem está envolvido;
  • quando aconteceu;
  • onde aconteceu;
  • por que é importante. 

Ao escrever esta parte, certifique-se que seu lead deve ser longo o suficiente para explanar o essencial, mas curto o suficiente para mantê-lo interessante. Não desperdice o tempo do jornalista — você precisa despertar a curiosidade dele, não dar todos os detalhes de uma vez.

Fonte: prove sua confiabilidade

Se você está baseando seu press release em fontes externas, certifique-se de citá-las. Dessa forma, você se tornará mais credível aos olhos do seu público. É essencial garantir que o que você está vinculando seja legítimo, e não fake news.

DICA: Não recomendamos exibir o URL inteiro, a menos que você esteja citando suas fontes na parte inferior de seus comunicados à imprensa. Use texto âncora para tornar seus links mais naturais.

Conteúdo (corpo): a beleza está nos detalhes

Dê aos seus leitores os detalhes essenciais. E por detalhes, queremos dizer as informações básicas necessárias para descobrir por que este press release é interessante. Você não quer escrever um romance, apenas dê uma breve explicação e deixe os jornalistas empolgados com algo sobre o qual escreverão.

Citações: mostre a perspectiva dos outros

Citações de press releases são sempre bem-vindas. Por quê? Eles trazem outra perspectiva para o texto e o tornam mais diversificado. As citações podem facilmente tornar seu texto mais interessante e mais legível, o que deve ser motivo suficiente para incluí-las em seu comunicado de imprensa.

Informações adicionais: há mais alguma coisa que você precisa adicionar?

Se sim, esta é a hora de fazê-lo – sem realmente exagerar. Lembre-se, às vezes menos é mais, e esse é definitivamente o caso quando se trata de escrever um bom press release.

Contato: apresente-se

Não se esqueça de adicionar detalhes de contato para que os jornalistas saibam como entrar em contato com você ou qualquer outra pessoa que valha a pena entrar em contato. É importante porque eles podem querer fazer algumas perguntas adicionais sobre a história. Se você esquecer essa parte, as chances de publicar seu lançamento são basicamente quase nulas.

A maneira perfeita de encerrar um press release

Caso você esteja se perguntando como encerrar um comunicado de imprensa, aqui está sua resposta: tenha um clichê. Se você chamou a atenção dos jornalistas e eles continuaram lendo até aqui, provavelmente eles querem saber mais sobre você. O clichê é exatamente o lugar onde eles encontrarão qualquer informação adicional sobre sua empresa ou você. Torne-o divertido e interessante – funciona como seu cartão de visita e você quer se apresentar bem.

  • Ele contém todos os elementos mencionados acima?
  • É notícia?
  • É entre 200-400 palavras?
  • O título é atraente?
  • É objetivo e não promocional?

Se a resposta para todas essas perguntas for SIM, você tem uma grande chance de que seu lançamento se torne viral. Apenas lembre-se de enviá-lo para os jornalistas certos e de preferência no momento certo.

Como escrever um press release

Etapa 3: formato de press release

Agora que abordamos a estrutura, vamos nos concentrar no formato do press release. Quando se trata de comunicados à imprensa, na verdade é o mesmo que uma boa comida ou um presente incrível – mesmo que seja excelente, mas entregue em uma embalagem ruim, perde seu valor. No final, a maioria de nós é estimulada visualmente, e é por isso que a primeira impressão realmente conta.

Como formatar um press release, então? Existem várias maneiras de distribuir um comunicado de imprensa. Então, aqui estão eles – formatos de press release que você pode considerar:

1. PDF

O envio de comunicados de imprensa em arquivos PDF era muito popular alguns anos atrás. Embora pareçam iguais em cada dispositivo, eles são bastante problemáticos – são pesados, às vezes difíceis de copiar informações, e os jornalistas realmente não parecem gostar desse formato. Como muitas empresas ainda fazem lançamentos nesse formato, ele é tratado de alguma forma como um padrão, mas não é uma forma inteligente de se acostumar com algo que é muito problemático para os leitores.

Vantagem
  • É compatível com quase todos os dispositivos.
Desvantagens
  • É pesado, e não tem jornalista que goste de ter sua caixa de correio bloqueada (é bem chato e diminui sua taxa de sucesso);
  • É difícil de copiar. Mesmo que um jornalista não queira editá-lo muito, ele ainda precisa passar por todo o incômodo de copiar ou reescrever. Quando você envia um arquivo difícil de editar, está enviando uma mensagem clara de que não respeita o tempo deles (o que não é o que você deseja alcançar, certo?);
  • É difícil de medir – você não sabe quantas pessoas realmente o leram.

2. Texto simples

O próximo formato de press release a considerar é o texto simples. É definitivamente uma escolha segura, mas também é extremamente sem graça. A ideia de um bom press release é que ele seja tão interessante/inovador/vale a pena compartilhar que os jornalistas vão querer escrever sobre ele. Se o release se parecer com todos os outros e-mails que eles leram naquele dia, provavelmente não será lembrado.

Vantagens
  • Fácil de copiar e editar;
  • É leve e não bloqueia a caixa de correio, o que definitivamente a torna mais amigável ao jornalista.
Desvantagens
  • Parece chato e não incentiva a leitura;
  • Há uma chance de que fique ruim em alguns dispositivos;
  • Da mesma forma que os PDFs, é difícil descobrir quem realmente viu o comunicado de imprensa.

3. Comunicado de imprensa online

É provavelmente o mais novo formato de comunicado de imprensa no mercado. Essa também é a forma mais amigável – é fácil de copiar, fácil de baixar e difícil de esquecer. 

Vantagens
  • Fácil de copiar e editar graças a um botão especial que permite copiar texto simples;
  • Se adequa em todos os dispositivos;
  • Interativo: é possível adicionar botões de compartilhamento de mídia social e arrastar e soltar vários elementos;
  • É possível controlar cada comunicado de imprensa e ver exatamente quem o viu graças ao painel analítico;
  • Download fácil de todos os anexos com um clique;
  • Seus leitores sempre terão a versão mais atualizada à disposição (não precisa mais acompanhar dizendo que esqueceu de adicionar algo importante – ou pior, que cometeu um erro).
Desvantagens
  • Alguns jornalistas podem ainda não estar acostumados com isso, o que pode ser uma vantagem e uma desvantagem (eles podem ficar confusos ao vê-lo pela primeira vez, mas também podem adorar ao mesmo tempo)

Ao escrever um bom press release, tenha em mente que os tempos estão mudando e algo que poderia impressionar um jornalista alguns anos atrás, não o impressionará hoje. Pense no que será uma tendência no próximo ano e aplique-o agora. 

Como escrever um press release

Etapa 4: Erros comuns ao escrever um comunicado de imprensa

1. A história não é interessante

Sua história é realmente uma história? É novo ou interessante? As pessoas de fora da sua organização realmente se importam com isso? Se a resposta a essas perguntas for sim, então você pode estar no caminho certo. Se não for novo, não for interessante e você não tiver certeza se alguém realmente se importará, pode ser uma boa ideia inventar outra coisa.

2. Não fique de rodeios

Divulgue os fatos de forma rápida e sucinta e as chances de um press release chegar de uma caixa de entrada para uma reunião editorial aumentarão drasticamente. Os jornalistas são pressionados pelo tempo mais do que nunca, então a importância de comunicar a essência da história nas primeiras linhas de um comunicado de imprensa é vital. As chances são grandes de que eles não terão tempo para ler todo o conteúdo, então quanto mais rápido você chegar ao ponto, melhor.

3. As citações de comunicados de imprensa não parecem autênticas

Seja um jovem falando sobre como está feliz por ter conseguido um estágio ou um CEO analisando os últimos resultados financeiros, é uma boa ideia fazer com que as pessoas citadas em um comunicado de imprensa pareçam reais. Por exemplo, é improvável que o referido jovem use palavras que você precisaria de um dicionário para entender, então lembre-se de fazer sua história parecer autêntica. 

Resumindo

Independentemente do que você está escrevendo, todo comunicado à imprensa deve conter:

  • Cabeçalho (Headline)  – uma amostra do que você pode esperar;
  • Introdução (Lead) – uma breve visão geral da história, incluindo respostas às perguntas: Quem? O que? Quando? Por quê? Com que efeito?
  • Conteúdo (Corpo)  – uma explicação das informações fornecidas anteriormente no lead, começando pelas informações mais interessantes para outras informações menos importantes e de fundo;
  • Data (Dateline) – para confirmar que você está fornecendo as informações mais atualizadas;
  • Informações da empresa – um pequeno parágrafo sobre sua empresa para ajudar os jornalistas a entender a natureza do negócio e facilitar a escrita sobre ele;
  • Informações de contato da mídia – informações de contato do autor ou empresa/agência.

Inclua o monitoramento de notícias em suas estratégias de comunicação. Fale com a gente e solicite uma demonstração.

assessoria de imprensa, jornalista, pauta, press release, relações públicas

Veja também:

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux