11 tipos de marketing mais utilizados atualmente

Marketing
2,129
11 tipos de marketing mais utilizados atualmente

Todo marketing tem três elementos principais:

Conteúdo: Este é o meio que sua mensagem leva. Os exemplos incluem anúncios impressos, comerciais de TV, anúncios digitais, postagens em blogs, vídeos, folhetos pelo correio, postagens em mídias sociais, e-mails, discursos etc.

Canais de distribuição: Esta é a plataforma onde você compartilha a mensagem. Os exemplos incluem revistas, canais de TV, páginas da web na rede mundial de computadores, mecanismos de pesquisa, o serviço postal dos EUA, redes sociais, um provedor de serviços de e-mail, uma esquina.

Uma estratégia de marketing: Esta é a premeditação do que você quer dizer, por que você quer dizer, como você quer dizer, para quem, quando, em quais canais de marketing e com quais tipos de conteúdo.

Existem tantos tipos de marketing nascidos dos três componentes básicos citados acima que definitivamente mais do que cabe em uma lista. Mas se escolhemos os 11 tipos mais usados atualmente, eles são:

1. Publicidade

11 tipos de marketing mais utilizados atualmentePublicidade é o tipo de marketing que a maioria das pessoas pensa: um comercial de TV, um anúncio no YouTube, um anúncio impresso em uma revista, um anúncio durante um podcast, anúncios que você pode ver no metrô, outdoors na estrada, anúncios em banners digitais ao lado de um artigo de notícias e qualquer outra campanha em que você pagou alguém para publicar, imprimir, exibir ou veicular seu anúncio.

Os anúncios meio que o seguem e tentam ativamente fazer com que você os perceba. É por isso que a publicidade é frequentemente chamada de marketing de interrupção. Para evitar essas interrupções, você pode tomar medidas evasivas – como silenciar a TV ou mudar de canal durante o intervalo comercial, apertar o botão de avanço rápido de 30 segundos em um podcast e usar um bloqueador de anúncios enquanto navega na web.

Então por que anunciar?

Porque pode ser ótimo para o reconhecimento da marca e pode ser útil segmentar um público que já demonstrou interesse em sua marca. A desvantagem da publicidade é que você certamente estará pagando dinheiro toda vez que colocar seu conteúdo na frente de um público (por exemplo, um anúncio do Google). Nesse sentido, é menos econômico ao longo de uma campanha do que um esforço de marketing de conteúdo orgânico bem executado. Os profissionais de marketing geralmente alocam uma fração de seu orçamento total para publicidade para capturar tráfego sensível ao tempo. 

2. Marketing de Conteúdo

11 tipos de marketing mais utilizados atualmenteAo contrário da publicidade, o objetivo do marketing de conteúdo é criar conteúdo que seja tão valioso para um público-alvo que eles o procurarão. Para onde a maioria das pessoas vai quando procura conteúdo? A internet – e especificamente um motor de busca.

É por isso que o tipo de marketing de conteúdo e a otimização de mecanismos de pesquisa (SEO) geralmente são confundidos. Tecnicamente, eles são um pouco diferentes.

O marketing de conteúdo é o desenvolvimento de conteúdo original de alta qualidade que um público-alvo achará útil e que não é excessivamente promocional. Isso inclui postagens em blogs, podcasts, vídeos de instruções, pesquisas originais, infográficos, eBooks, whitepapers, ferramentas online gratuitas e outros esforços de marketing sem interrupções.

SEO é tornar esse conteúdo mais detectável nos mecanismos de pesquisa: aumenta as chances de seu público-alvo descobrir suas páginas da Web quando pesquisar perguntas e informações que sua marca respondeu por meio de conteúdo digital.

O marketing de conteúdo e o SEO caem sob o guarda-chuva do marketing digital, e é por isso que você pode ouvi-los imprecisamente chamados de marketing online/marketing na internet.

O principal benefício do marketing de conteúdo é que ele atrai as pessoas para o seu site, onde você pode engajá-las ainda mais – por exemplo, incentivando-as a se inscrever em seu boletim informativo ou a baixar recursos adicionais em troca de um endereço de e-mail. Um ótimo conteúdo também oferece a outros sites algo para vincular, o que pode ajudar a melhorar a classificação do seu site.

O conteúdo é a base de qualquer estratégia de marketing digital.

3. Marketing de mecanismos de pesquisa

11 tipos de marketing mais utilizados atualmentePense no marketing de mecanismo de pesquisa (SEM) como a versão paga do marketing de conteúdo. Consiste principalmente em publicidade paga por clique usando o Google Ads.

A ideia básica é que as empresas paguem ao Google uma certa quantia cada vez que alguém clica em um resultado de pesquisa pago. Esses resultados são claramente rotulados como anúncios, o que significa que eles tendem a ser clicados em menos resultados orgânicos (resultados que não dizem “Anúncio” ao lado deles).

O que deve-se lembrar sobre SEM é que você precisa de conteúdo na outra extremidade de cada banner e resultado de pesquisa paga. Como tal, o SEM é mais valioso como um complemento para uma estratégia de marketing de conteúdo maior.

4. Marketing de mídia social

11 tipos de marketing mais utilizados atualmenteO tipo de marketing de mídia social é exatamente o que parece: o uso de plataformas de mídia social para distribuir conteúdo pago ou não. Os benefícios dos canais de mídia social incluem:

  • Bilhões de pessoas usam.
  • Você pode promover sua marca e seu conteúdo gratuitamente nas mídias sociais.
  • Você pode transformar clientes satisfeitos em defensores da marca nas mídias sociais com campanhas de conteúdo geradas pelo usuário (pense nisso como uma forma econômica de marketing de influenciadores, onde você incentiva interações positivas com sua marca nas redes sociais).

Existem muitos canais de mídia social e você pode concentrar sua atenção mais nos que mais importam para o seu público-alvo (a geração Z adora o SnapChat e o Instagram, por exemplo).

Sob o guarda-chuva do marketing de mídia social também está o marketing viral e o marketing interativo. Essas subdisciplinas usam uma plataforma de mídia social para ampliar as ideias de uma marca, engajar ativamente os seguidores e gerar diferenciação de formas mais tradicionais de material de marketing (como imagens estáticas ou trechos de texto).

5. Marketing de apelo à ação

Uma chamada para ação (CTA – Call to Action) é um start para que qualquer pessoa que esteja lendo seu conteúdo execute uma ação desejada. Esses CTAs podem ficar em sua página inicial, ser incorporados em uma postagem de blog ou no final de um e-mail, incluídos em uma postagem de mídia social etc.

Eles normalmente usam linguagem de ação, como:

  • Descobrir como.
  • Obtenha seu orçamento gratuito.
  • Descubra mais economias.
  • Faça o tour virtual.
  • Inscreva-se para uma consulta gratuita.
  • Se inscrever.
  • Baixe o e-book.

Eles podem ser apresentados como botões que ficam em partes fixas do seu site ou  podem ser campos de formulário na página de destino (landing page) do material de marketing para download. Ou podem ser caixas pop-up ativadas por rolagem em sua página. Você pode incluir CTAs no texto do seu blog como texto âncora. O objetivo desse tipo de marketing é fazer com que um usuário execute uma ação, como fornecer um e-mail em troca da leitura de um eBook ou de um whitepaper.

Essa ação deve levar a um envolvimento mais profundo com sua marca. Ao capturar um e-mail, por exemplo, você coloca esse lead no caminho certo para os esforços de marketing por e-mail.

Nesse sentido, o marketing de CTA é um componente crítico das estratégias de inbound marketing, onde o objetivo é levar os usuários mais a fundo no funil de vendas e preparar para uma conversa.

A otimização de CTAs para o máximo impacto requer pesquisa de mercado e testes A/B para garantir que os leitores estejam realizando as ações desejadas — é uma atividade recorrente que evolui com cada campanha, página e público.

6. Marketing Direto

11 tipos de marketing mais utilizados atualmenteO marketing direto, às vezes chamado de marketing individual, é uma proposta direta. Pode ser uma proposta de teste ou apenas uma conversa.

Tecnicamente, esse tipo de marketing se enquadra no guarda-chuva do marketing de saída. Por exemplo, uma pessoa pode ser uma leitora regular do blog Top Clip, mas ela não entrou em seu e-mail naquela manhã esperando receber uma oferta personalizada dos serviços de monitoramento seguido de um pedido de ligação. Pode ser um pouco mais direto do que ela está acostumada.

No entanto, o marketing direto tem seu lugar no inbound marketing. É possível, por exemplo, que essa pessoa tenha baixado um e-book que escrevemos sobre a Centimetragem. Nesse caso, ela é um lead de entrada que foi preparado, tornando-a uma perspectiva ideal para uma abordagem mais direta.

Outros exemplos de marketing direto estão no correio – como aquelas ofertas de cartão de crédito “você está pré-aprovado” e ligações frias para uma lista de leads.

No vácuo, o marketing direto aparece como agressivo e com spam. Mas quando bem cronometrado como parte de um plano de marketing maior, pode ser o impulso que leva um prospect em potencial a se tornar um cliente.

7. Marketing baseado em contas

O marketing baseado em contas (Account-Based Marketing) é simplesmente qualquer campanha de marketing direcionada a contas específicas. Por exemplo, uma empresa de tecnologia de visão computacional está tentando fechar um acordo com uma empresa de Mobile. Eles podem contratar uma equipe criativa para criar uma estratégia específica inspirada na parceria das duas marcas.

Esse tipo de marketing é não convencional, mas pode chamar a atenção dos executivos da empresa em prospecção. Porém, a aposta com o marketing baseado em contas é arriscado. E se a campanha tiver um escopo muito restrito, corre o risco de ser um investimento desperdiçado se o alvo não for atingido.

É por isso que, ao criar campanhas ABM (Account-Based Marketing), é sempre melhor baseá-las em personas do que em um cliente específico, se possível. Você pode reutilizar esse conteúdo se não for muito específico.

8. Marketing de Guerrilha

11 tipos de marketing mais utilizados atualmenteO tipo marketing de guerrilha é basicamente qualquer tipo de marketing não convencional destinado a gerar publicidade para uma marca. De um modo geral, quanto mais inesperada e surpreendente a tática, melhor. Na melhor das hipóteses, o marketing de guerrilha inspira as pessoas a usar as mídias sociais e faz com que blogueiros, revistas e agências de notícias falem sobre a coisa loucamente legal que sua marca fez.

O marketing de guerrilha não deve ser confundido com o marketing experimental. Eles são semelhantes, pois tendem a ser altamente criativos e chamam a atenção. O marketing de guerrilha (e experiencial) não precisa ser super caro. No entanto, requer desenvoltura e cautela para não acabar no lado errado da lei. 

Esse tipo de marketing inspira as pessoas a usar as mídias sociais e faz com que as pessoas falem sobre a ação incrível e legal que sua marca fez.

9. Automação de Marketing

11 tipos de marketing mais utilizados atualmenteA automação de marketing é basicamente a prática de automatizar certas tarefas de marketing. Um exemplo é o e-mail automatizado que enviamos aos usuários que se inscrevem em nossas Landing Pages.

Popular no marketing B2B e B2C, uma plataforma de automação de marketing pode melhorar a segmentação (criando listas de destinatários) programando determinadas mensagens para serem enviadas a determinados leads em um horário e dia muito específicos. 

A automação de marketing foi feita para e-mail marketing e publicidade digital. A ideia é que determinado conteúdo seja enviado ou exibido para determinados usuários com base em seus hábitos de consumo de conteúdo. Esses hábitos são registrados em uma ferramenta como RD Station ou LeadLovers. Idealmente, você saberá exatamente qual postagem o contato de e-mail estava lendo quando forneceu suas informações pela primeira vez e quais materiais de marketing, se houver, eles baixaram desde então. Com envios de conteúdo e e-mail mais personalizados para cada usuário, a automação ajuda a oferecer uma melhor experiência do cliente para clientes novos e existentes.

As campanhas de e-mail são bons exemplos de automação de marketing. O conteúdo de cada mensagem é baseado inteiramente na interação do destinatário com a mensagem anterior. Isso garante que a próxima mensagem que um destinatário vê seja a mensagem com maior probabilidade de envolvê-lo com sua marca.

Se você deseja lançar uma campanha de marketing por e-mail e melhorar a precisão de suas interações com os leads à medida que se aprofunda no funil de vendas, precisará de recursos de automação de marketing.

10. Relações Públicas

Relações públicas é qualquer tentativa de uma marca de manter uma imagem favorável para seus públicos, independentemente do que possa estar acontecendo.  As pequenas empresas também precisam de relações públicas. Por exemplo, como eles se comunicam com seus clientes e parceiros de negócios após uma crise de imagem é importante para sua recuperação como organização.

E as relações públicas não precisam necessariamente focar nas crises. Destacar suas boas ações em uma postagem no blog é uma oportunidade de ganhar publicidade positiva. Assim como participar de eventos locais na comunidade e publicar um comunicado à imprensa quando sua marca é reconhecida por uma revista do setor.

Qualquer coisa que você possa fazer (dentro de suas possibilidades) para ganhar atenção positiva da mídia acabará ajudando sua marca. Desta forma, o RP é realmente o marketing da marca, pois está focado apenas na conscientização, credibilidade e alcance da marca.

11. Marketing de eventos

11 tipos de marketing mais utilizados atualmentePor último, mas não menos importante, o marketing de eventos é todo o esforço de marketing e promoção que você faz antes, durante e depois de um evento.

Talvez seja um evento que você está organizando, como uma conferência do setor, um almoço e aprendizado ou até mesmo um webinar ao vivo. Quando bem feito, um evento realmente bem executado é sua própria forma de marketing. Mas você precisa realmente ter uma audiência naquele evento em primeiro lugar.

Comece criando uma página landing page para esse evento e promovê-la em seu blog, por meio de canais de mídia social e por e-mail.

Considere também tweetar ao vivo ou postar em outros canais sociais. Quando terminar, crie uma postagem no blog (ou várias postagens) resumindo alguns dos destaques.

O mesmo se aplica se você estiver participando de um evento de outra pessoa ou de uma conhecida conferência do setor e quiser garantir que as pessoas saibam que você estará lá.

Você também não precisa necessariamente dar um discurso de abertura. Mesmo se você for apenas aprender e fazer networking, compartilhe suas experiências com outras pessoas em seu blog e através das mídias sociais. Também ajuda ter algo para distribuir durante o evento. Podem ser promoções e cupons por tempo limitado, brindes da empresa, um folheto ou – no mínimo – um cartão de visita.

Esquecemos seu tipo favorito de marketing?

É possível. Livros inteiros foram escritos sobre estratégias de marketing. Mas esperamos que tenha sido uma boa cartilha à medida que você se aprofunda no mundo do marketing.

Independente do marketing escolhido para sua estratégia, inclua sempre o monitoramento de mídia para comprovar seus resultados. Fale conosco, nós podemos te ajudar nisso 😉
marketing, monitoramento de hashtags, monitoramento de podcast

Veja também:

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux