Clipping de Notícias

Clipping
2,177
O que é clipping de notícias?

O clipping de notícias é uma técnica de monitoramento e coleta de informações presentes em meios de comunicação, tais como jornais, revistas, rádios, TVs, blogs, sites de notícias, redes sociais e podcasts, que é fundamental para o marketing, pois permite às empresas avaliar sua presença e performance na mídia, além de ajudar na tomada de decisões estratégicas e na identificação de oportunidades de negócios.

Ao realizar o clipping, é possível obter informações valiosas sobre o mercado, a concorrência, o posicionamento da marca, a imagem perante o público, as tendências de consumo e o impacto das ações de marketing, entre outros aspectos importantes para o desenvolvimento de campanhas eficazes e eficientes.

Além disso, o clipping é fundamental para a gestão de crise, pois permite às empresas reagir rapidamente às situações negativas que possam afetar sua imagem e reputação, garantindo a preservação da marca e a minimização de prejuízos.

Outro benefício do clipping de notícias é a possibilidade de avaliar o retorno sobre investimento (ROI) das ações de marketing, pois permite mensurar a eficiência das campanhas e identificar pontos de melhoria para futuras ações.

Definição técnica do clipping de notícias

Como já mencionamos, o clipping de notícias está ligado a um contínuo processo de monitoramento, análise e arquivamento de menções realizadas na mídia impressa e digital. Essa atividade já existia antes do surgimento da internet e do marketing digital. Tradicionalmente, essa área de atividade já era realizada por jornalistas e assessores de imprensa vinculados às agências de publicidade ou agências de assessoria de imprensa.

A palavra “clipping” tem origem do idioma inglês e significa “recorte”. Porém, em países de língua inglesa esse ramo de atividade recebe as nomeações de “news monitoring” (monitoramento de notícia) ou “media monitoring” (monitoramento de mídia). Entretanto, o uso do termo “clipping” se tornou mais usual em diferentes países do mundo, pois ainda no século XX a atividade era limitada à mídia impressa.

História do Clipping

A história do clipping de notícias remonta ao século XIX, por iniciativa do empresário Henry Romeike, em Paris, na França. Os primeiros clippings de notícias eram feitos de forma manual, onde jornalistas e profissionais de relações públicas coletavam e recortavam artigos de jornais relacionados a suas áreas de atuação. Eles separavam os artigos relevantes, colavam-nos em folhas de papel e os organizavam de acordo com suas necessidades.

Esse processo era trabalhoso e demorado, mas era a única forma de monitorar a presença e a performance de suas marcas e empresas na imprensa na época. Além disso, os clippings eram usados para avaliar a percepção e a imagem da marca na mídia e para ajudar na tomada de decisões estratégicas.

Com o tempo, a técnica evoluiu e passou a incluir outros meios de comunicação, como rádios, televisões e sites de notícias, e a ser realizada de forma mais sistemática e tecnológica, com a ajuda de ferramentas eletrônicas e softwares especializados.

A evolução tecnológica também permitiu a ampliação do escopo do clipping, incluindo a monitoração de redes sociais e outras plataformas digitais, tornando-o uma ferramenta essencial para a gestão da presença digital das empresas e marcas.

O clipping de notícias no Brasil

Em 1928 foi fundada a Lux Jornal, no Rio de Janeiro. Foi primeira empresa de clipping do Brasil, que mais tarde seria incorporada ao Grupo Top Clip.

A partir dos anos 1970 e 1980, essa atividade ganhou muito destaque com o amadurecimento do mercado de comunicação do Brasil e com a reabertura política que diminuiu a vigilância dos órgãos de imprensa. Essa área de atividade ganhou o termo aportuguesado “clipagem” para definir essa atuação na área da comunicação social.

Como funciona?

A técnica consiste em rastrear e selecionar informações relevantes de diversos meios de comunicação. Essas informações são coletadas, categorizadas e armazenadas para análise posterior.

O clipping de notícias pode ser realizado de forma manual ou automatizada, dependendo das necessidades de cada empresa ou marca. Atualmente, existem empresas especializadas em clipping de notícias como a Top Clip que oferecem soluções tecnológicas e personalizadas para ajudar as empresas a monitorar sua presença na mídia e avaliar sua performance e imagem.

Geralmente, o cliente pode ser uma empresa, marca ou personalidade que precisa indexar e identificar as vezes nas quais foi mencionado ou mencionada nos veículos de imprensa e nas demais plataformas de conteúdo.

Por meio do clipping, é possível ter uma visão geral sobre os principais assuntos abordados na mídia e se preparar para debater ou comentar sobre eles. Além disso, o clipping também pode ser utilizado como base para produzir conteúdo próprio.

A agência de comunicação que oferece esse serviço precisa estar antenada para acompanhar o nível de popularidade do cliente na imprensa e na internet o que pode variar conforme o grau de popularidade do cliente. Pois, quanto maior é a popularidade do cliente, mais árdua será a tarefa do jornalista ao monitorar e arquivar as veiculações e citações geradas na mídia.

Conclusão

Um dos principais trabalhos nas agências de publicidade, de comunicação e de assessoria de imprensa, o clipping de notícias se tornou mais forte com a consolidação das mídias eletrônicas (rádio e TV) e das mídias digitais (internet, sites e aplicativos informacionais).

Empresas de diferentes abrangências e portes precisam acompanhar as citações de suas marcas e produtos para monitorar a qualidade de seu posicionamento e capacidade de resposta junto ao público e ao mercado.

Por fim, o clipping de notícias é uma ferramenta essencial para a gestão da presença digital da empresa, pois permite monitorar as aparições da marca na internet, avaliar o engajamento do público nas redes sociais e identificar oportunidades de negócios no meio digital.

Em resumo, o clipping de notícias é fundamental para o marketing, pois permite às empresas conhecer sua presença e performance na mídia, tomar decisões estratégicas, avaliar o impacto das ações de marketing, gerenciar crises e avaliar o ROI, além de ser uma ferramenta importante para a gestão da presença digital.

Clique aqui e solicite uma demonstração do clipping de notícias da Top Clip!

clipadora, clipping, empresa de clipping, monitoramento de notícias

Veja também:

WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux